Vanguardas e Semana de Arte Moderna

external image images?q=tbn:ANd9GcSZheCK553_0WRGOl-P2hVvvfayze5vLtMnpgVcZ-mpGDnKLtxbexternal image fauvismo.jpgexternal image caligari_still2.jpeg
external image manuel-bandeira-com-violao.gifexternal image revista_antropofagia.jpgexternal image 160b99d8c3fac3cbb523193893849760.jpg

1° Parte

História

cartazsemanadaarte.jpg
external image Os_18_do_Forte.jpg




Vídeo sobre a década de 1920 feito pelo grupo:
https://www.youtube.com/watch?v=wQgh1T0kMBw

O fim da grande guerra, em 1918, pode ser considerado o começo de uma nova era, o modernismo. Nessa época, o mundo presenciou uma mudança da mentalidade da população, novas ideias e vontade de romper com as mesmices e o tradicional. As Vanguardas Europeias foram movimentos que mostram tais mudanças. O Expressionismo, Cubismo, Fauvismo, Futurismo, Dadaísmo e Surrealismo trouxeram novas e diferentes características para arte, causando choque em todos que contemplam as obras vanguardistas. Tais movimentos influenciaram pessoas do mundo inteiro, incluindo artistas brasileiros.Nessa mesma época, ocorria no Brasil uma rebelião de cunho político e militar, o tenentismo, que buscava submeter a política brasileira á reformas. Essa rebelião foi incitada por jovens militares de baixa patente. É preciso ressaltar também que em 1922 houve um levante, os 18 do forte de Copacabana, que ia contra a tomada do poder pelo presidente Arthur Bernardes, esse levante teve o apoio de tenentes. Essa rebelião e esse levante configuraram o contexto histórico da década de 20.Em 1921, os vanguardistas paulistas vão ao Rio de Janeiro á procura de novos artistas para participar do movimento modernista, o grupo se fortalece e começam os preparativos para a Semana de Arte Moderna, que rediscute a identidade realidade brasileiras, acontecendo em 1922. O evento contou com pinturas, esculturas, literatura, poesias e música, divididos nas noites de 13, 15 e 17 de fevereiro no Teatro Municipal em São Paulo. Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral e Anita Malfatti foram alguns dos vários artista que vieram para romper com o tradicional na arte e apresentar novas ideias/perspectivas. As obras que apresentadas foram diferentes do esperado pelo público. Sendo assim, causaram descontentamento e surpresa.Exemplos:Tarsila do Amaral produziu a obra "A Negra", que causou escândalo por apresentar uma mulher nua, com forma simplificada e retorcida, uma característica comum dos movimentos vanguardistas.Anita Malfatti também foi criticada, principalmente por Monteiro Lobato, pela apresentação de várias de suas obras que foram consideradas estranhas e dignas de vaia. "A Boba" é uma delas.Em 1928 surgem o movimento antropofágico que envolveu Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade, influenciando o mesmo a escrever o Manifesto Antropofágico.


Comentários:


Notícia interessante acerca da semana de arte moderna:
http://m.youtube.com/watch?v=W4AuqIwCXX4
(Por Bianca Licassali n°5)

No início do século 20, o mundo está passando por mudanças culturais. Por isso foram criadas as vanguardas, movimentos artísticos que tinham a intenção de romper com a estética e causar estranhamento. Essas vanguardas começaram na Europa e depois vieram para o Brasil. Para a divulgação desse movimento, foi criada a Semana de Arte Moderna em São Paulo em 1922.
http://www.youtube.com/watch?v=_4g1j59AhEw

(por Giovanna Catarcione n °16)

Na década de 20 também aconteceu a Crise de 29, depois da 1° guerra mundial os Estados Unidos expadiram suas indútrias, ocasionando no "american way of life”. Esse momento de expansão e mudança no modo de vida das pessoas se refletiram o mercado de ações do país. As indústrias crescendo, produzindo muito, muitas pessoas comprando ações, fez com que o preço das mercadorias fosse reduzido, e as empresas tendo que demitir grande parte de seu corpo funcional. Logo, os acionistas estavam vendendo suas ações para outros investidores e com todos esses fatores e ainda a alta oferta e pouca procura, a Bolsa de Nova York quebrou, o que levou a muitos milionários a perderem tudo do dia para noite.
(Por Débora Boaventura n °11)

Outro exemplo de um movimento político-militar ligado ao Tenentismo foi a Coluna Prestes, ocorrendo entre 1924 e 1927. Os integrantes do movimento denunciavam a pobreza da população e a exploração das camadas mais pobres pelos líderes políticos.Saíram do Rio Grande do Sul e andaram milhares de quilômetros, até o Nordeste. Terminaram invictos, apesar das guerras que enfrentaram, porém não derrotaram o governo, não derrubaram Arthur Bernardes.

(Por Giovanna dos Santos nº 17)

O Movimento Antropofágico propunha a deglutição da cultura europeia e baseava-se não apenas na assemelhação ente a cultura e técnicas externas com a cultura e técnicas brasileiras, mas também na absorção das mesmas para criar produtos brasileiros, mas com influências estrangeiras
("Devoração cultural das técnicas importadas para reelaborá-las com autonomia, convertendo-as em produto de exportação"). A antropofagia teve como um de seus principais marcos a obra Abaporu de Tarsila do Amaral e o Manifesto Antropofágico, escrito por Oswald de Andrade: "só a antropofagia nos une: socialmente, economicamente, filosoficamente".

(Por Giovanna dos Santos nº 17)



2° Parte

Artes Visuais
Fauvismo:

O fauvismo faz extremo uso de cores expressivas e formas distorcidas, simplificando-as. Esta estética modernista não utiliza o tridimensional e não busca o conteúdo simbólico em suas obras. Suas obras se distanciam dos sentimentos e são de criação livre e espontânea, não reproduzindo a mera aparência do real, com as cores possuindo um papel de extrema importância, por serem as responsáveis pelo volume e pela perspectiva nas obras.
Nas pinturas, os artistas fauvistas utilizavam manchas largas para a formação de planos, suas pinceladas eram violentas e utilizavam sempre cores puras. Temos como principais artistas desses movimentos Gauguin e Henry Matisse. As obras fauvistas, foram exemplos dos ideais modernistas, e influenciaram a ruptura buscada por estes.


Obras:


1219119017_a_danca_matisse4.jpg
Matisse, A dança

"Acredita-se que a ideia da composição surgiu em 1905, enquanto o pintor observava alguns pescadores realizando uma dança de roda, a sardana, em uma praia do sul da França. As formas simplificadas das dançarinas ocupam toda a tela, em um padrão rítmico de movimento expressivo. Além disso, Matisse limitou a sua paleta em apenas três cores: azul para o céu, laranja-rosado para os corpos e verde para as colinas."
"A simplicidade do desenho, com seus três elementos básicos - dançarinas, uma vastidão vazia de verde e outra de azul -, cria uma imagem na qual as relações abstratas entre forma e cor são fundamentais."

http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/04/05/921917/conheca-danca-henri-matisse.htmlM




mujer verde.jpg
Matisse, mujer de la raya verde
Na obra de Matisse acima podemos observar características fauvistas, pelo uso de contornos bem marcados e cores expressivas, não apresentando nenhuma noção de tridimensionalidade. A obra não retrata o real e apresenta fortes pinceladas, com formas simplificadas e distorcidas.


external image 2012_06_29_22_30_140.jpg
Henri Matisse, Interior Vermelho, Natureza Morta sobre Mesa Azul
Nesse quadro é possível reparar o contraste entre cores quentes e frias, a reprodução dos objetos propositalmente linear e o desinteresse pelo conteúdo simbólico, características tipicas do fauvismo. Além disso podemos perceber forma e perspectiva distorcida, o primitivismo das formas, cores expressivas e traçado desenfreado.

Comentários:

Vídeo com informações extras sobre o fauvismo:
http://www.youtube.com/watch?v=nvJQ7HJtBK4
(por Bianca Licassali n°5)

Abaixo uma reprodução da obra "A dança" de Henri Matisse em esculturas em tamanhos reais de pessoas.


external image 293063936_a8b395f27e.jpg

(Por Débora Boaventura n°11)


Artes Cênicas
Expressionismo:

Cena do filme "O gabinete do Dr. Caligari" em que ele está "alimentando" sua invenção, Cesare.

doutor.jpg



Fotografia feita pelo grupo, fazendo uma releitura da cena acima. O grupo quis representar o governo e a população. Os candidatos nos alimentam com falsas propostas, para nos fazer votar neles. (observar os dedos cruzados do personagem governo, representando a mentira e enganação).

doutorr.jpg



Comentários:

Nessa cena do link abaixo vemos o Dr. Caligari acordando Cesare e o mostrando ao público, e podendo ver claramente as carecterísticas do teatro expressionista, por meio da maquiagem de Cesare, e do cenário carecterísico desse tipo de teatro.

http://www.youtube.com/watch?v=kMr1PvdNRoY
(por Bianca Licassali)
O expressionismo no cinema surgiu na Alemanha entre 1906 a 1923. Tinha como uma de suas ideologias a visão pessimista acerca do ser humano. Nesse movimento os personagens e os cenários são distorcidos assim como o cenário é tortuoso. Há também o uso exagerado da maquiagem bastante expressiva, dando ao personagem a aparência de morto. Podemos evidenciar essas características no vídeo a seguir.
http://www.youtube.com/watch?v=2G6yirsCJOE(por Giovanna Catarcione)
Uma das pessoas que sofreu influências da vanguarda expressionista foi o diretor americano Tim Burton. A maioria de seus filmes apresenta um cenário distorcido/deformado, forte presença de sombras, personagens diferentes com maquiagem forte e preta e branca, clima bizarro e sobrenatural. (Exemplos: Beetlejuice, A noiva cadáver, Edward mãos de tesoura, A lenda do cavaleiro sem cabeça.)
(Por Giovanna dos Santos nº 17)
Música


Neoclassicismo:

O neoclassicismo na música começou no século XX, especificamente entre 1920 e 1950, e seu principal representante foi Stravinsky. As principais características desse movimento são o abandono de grandes orquestras, substituídas por pequenas combinações de instrumentos, o uso de harmonias dissonantes e de ritmos complexos, o caráter programático, as temáticas inspiradas na literatura, a junção de várias linguagens artísticas, como o balé, a música e o teatro, a busca da clareza e da proporção, inspirado pela música do período clássico e barroco e ênfase na música absoluta. O neoclassicismo não usa a dissonância ou ruídos e não busca uma estética atonal, mas sim a clareza de linhas e texturas, sempre evitando expressões de emoções intensas.
Obras:

Balé de Pulcinella - Stravinsky

http://www.youtube.com/watch?v=VwongNsp1RA

O Balé de Pulcinella é uma obra do compositor Igor Stravinsky, encomendada por Sergei Diaghilev para o seu balé russo e foi feita em parceria com Pablo Picasso, que era um sonho para Stravinsky. O cenário e os figurinos por Picasso e a música pelo compositor. Baseada em temas atribuídos por Pergolesi. Foi terminada em abril de 1920 e estreada com sucesso em maio do mesmo ano. No livro, "Stravinsky" de Boucourechliev, ele disse: "Neoclássica, Pulcinella não o é: trata-se de uma onra propriamente clássica, inteiramente composta, ou antes, recomposta a partir de músicas existentes". Os instrumentos usados nessa obra são: o violino, violoncelo, instruementos de sopro como oboé, uso constante de fuga.

Uma característica que se destaca nessa obra é o uso de várias linguagens artísticas (balé, música e teatro).


Sinfonia dos Salmos - Stravinsky

http://www.youtube.com/watch?v=BLx0AMPTZrg

Obra composta por Stravinsky em 1930 por encomenda de Sergei Koussevitzky para celebrar o aniversário de 50 anos da orquestra sinfônica de Boston. Utilizou um coro infantil e masculino a quatro vozes e uma orquestra que incluia metal, madeira, dois pianos, percussão e uma secção de cordas, retirando apenas os violinos e as violas.
Nessa obra, uma característica marcante é a orquestra, que é reduzida se comparada as outras. Outra característica na obra é a música programática na parte so louvor final em que o Dó menor passa para o Dó maior em "Aleluia".


O Amor das Três Laranjas - Prokofiev

http://www.youtube.com/watch?v=AmSY7_eN9Tc

É uma ópera composta por Sergei Prokofiev em 1919 e sua estréia em 1921, foi baseada em um conto de fadas. Dividida em 4 atos e o idioma é russo. Os instrumentos usados na orquestra são os de sopro, cordas, metais e percussão.

É uma obra que contém temática literária que é uma característica neoclássica.

Comentários:

Outra obra importante neoclássica foi "A história do soldado" composta por Stravinsky na época do final da 1° guerra mundial em 1918, ela contém características marcantes do neoclassicismo, como a música programática, ou seja, uma música que conta uma história. A peça possui um narrador e três personagens (o soldado, a princesa e um homem que não fala), era formado por um par de madeiras um de metais e um de cordas, e uma bateria. Tem dança, música e teatro, uma junção de linguagens artísticas que também é característica neoclássica.

Abaixo o vídeo da primeira parte da obra.

http://www.youtube.com/watch?v=7rFJ_u4ZhkE

(Por Débora Boaventura n°11)


Ígor Fiódorovitch Stravinsky foi um dos compositores mais importantes e influentes do século XX. A carreira de compositor de Stravinsky foi bastante notável devido sua diversidade estilística. Na década de 20, ele voltou-se mais para o lado neoclássico da música abandonando as grandes orquestras exigidas pelos ballets e adotando pequenas combinações de instrumentos. A partir da década de 50, Stravinsky passou a adotar a técnica do dodecafonismo que consiste em um sistema de organização de alturas musicais de 12 notas.
(por Giovanna Catarcione e Giovanna dos Santos)






3° Parte

Língua Portuguesa

Imagens de divulgação da semana da arte moderna de 1922
Imagens de divulgação da semana da arte moderna de 1922

Semana de Arte Moderna

A semana da Arte Moderna aconteceu em 1922, cujo objetivo era apresentar as novas tendências que surgiram na Europa e mudar a concepção de arte no Brasil. Mesmo que tenha sido usado a palavra "Semana", o evento ocorreu nos dias 13, 15 e 17. Todos que participaram da Semana queriam romper com o passado e dar início ao Modernismo. Na literatura, os artistas que se destacaram foram Oswald de Andrade, Guilherme de Almeida e Manuel Bandeira. A Semana de Arte Moderna apresentou uma verdadeira renovação de linguagem, já que a poesia, que antes era apenas escrita, passou a ser declamada, e tudo começou a ser escrito da forma que é pronunciado, deixando de lado a forma coloquial.
Já na pintura, destacou-se Anita Malfatti que em suas obras teve influência do cubismo , do expressionismo e do futurismo e causaram grande impacto na população e em alguns artistas, como Monteiro Lobato que a criticou muito pelo seu estilo estranho e novo.
Como eles queriam causar, a Semana foi repleta de ideias inovadoras na música que trouxe os concertos, na arte trouxe a inovação nos quadros e os temas abordados nas obras e na literatura trouxe a declamação dos poemas. Porém, essas ideias não foram bem vistas por todos, como por exemplo, a obra "A negra" de Anita Malfatti causou um grande impacto na população. Outro artista que recebeu vaias do povo foi Villa-Lobos, que entrou no palco com um sapato em um pé e um chinelo no outro, que por boatos era uma dor que ele estava sentido no pé que o fez não usar o par de sapatos na hora da apresentação. Mesmo com tudo isso, a Semana de 22 não foi tão repercutida quanto o esperado, notícias sobre o movimento ocuparam somente pequenas colunas nos jornais dos dias seguintes.

Recitando o poema:



http://www.youtube.com/watch?v=Nc8SbBl-x5w&feature=youtu.be



Pneumotórax


Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos.

A vida inteira que podia ter sido e que não foi.

Tosse, tosse, tosse.


Mandou chamar o médico:

- Diga trinta e três.

- Trinta e três... trinta e três... trinta e três...

- Respire.


- O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.

- Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?

- Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.

Análise:
O poema "Pneumotórax" é considerado modernista, o autor, Manuel Bandeira, não se preocupou com a métrica e com as rimas. No poema ele está retratando uma doença, a tuberculose, sem deixar o bom de humor de lado, no último verso ele diz: "A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.", ou seja, ele quis de dizer que o paciente iria morrer e o que ele tinha a fazer era aproveitar a vida, já que no começo do poema ele fala: "A vida inteira que podia ter sido e que não foi". Quando ele diz que a única coisa a fazer é tocar um tango argentino, é uma característica dadaísta, já que a frase não faz sentido para quem não entendeu o poema.



Comentários:


Um pouco sobre Manuel Bandeira, autor do poema pnemotórax:http://www.releituras.com/mbandeira_bio.asp
(por Bianca Licassali n°5)



A Semana de Arte Moderna representou uma verdadeira renovação de linguagem, na busca de experimentação, na liberdade criadora da ruptura com o passado e até corporal, pois a arte passou então da vanguarda, para o modernismo.
(por Benny Silva)




Grupo: Benny Silva n°4, Bianca Licassali n°5, Débora Boaventura n°11, Giovanna Catarcione n°16 e Giovanna Dos Santos n°17