Grupo 4_K
Rafael Guimarães Lima Teixeira-29 rafael.teixeira@hotmail.com
Murilo Machado Faccioli-28 murilo.machado37@gmail.com
Rafael Yoshizaki Silva-30 rafa_yoshi@hotmail.com
Ian Siqueira-16 ian.siqueira0596@gmail.com

___

1ª Parte- História


a) Deverá apresentar um vídeo, com duração de 1 a 3 minutos, com um relatos dos principais acontecimentos e as suas repercussões no Brasil. Esse vídeo deverá ter uma narrativa feita pelo próprio grupo;
b) Redigir um pequeno resumo desses fatos;

Resumo


O modernismo no Brasil teve seu início no século XX na qual o principal objetivo dos autores eram a substituição dos padrões antigos e tradicionais para algo novo por meio do progresso, da liberdade de expressão e a valorização da criação.
Esse processo modernista provocou a mudança em diversas áreas como na integração das Artes, promovendo um intercâmbio de idéias entre elas, e na língua portuguesa na qual se passa a utilizar uma linguagem mais livre com presença do coloquialismo, da gíria e do verso livre.

Vídeo



2ª Parte-


Artes Cênicas


cênicas.jpg
Fotógrafo: Rubens Pessoa
Modelo: Luisa Magalhães

Esta foto é um exemplo de releitura da cena, logo abaixo, do filme "Nosferatu", que possuía elementos que viriam a dar origem a uma vanguarda modernista, conhecida como expressionismo
. original.jpg

Artes Visuais



A vanguarda escolhida é o Dadaísmo, pois foi um movimento que se destacou entre as demais vanguardas. Sua crítica ao tradicional e ao capitalismo, rompimento com o pré-estabelecido e a falta de sentido centralizam a atenção das pessoas.


Roda de Bicicleta - Duchamp.jpg

Marcel Duchamp, "Roda de bicicleta"

a fonte.jpg
Marcel Duchamp, "A fonte"
presente.jpg
Man Ray, "Presente" (1921)


Como podemos ver em cada uma das obras, aplica-se a técnica chamada Ready-Made, que consiste em extrair um objeto do seu uso cotidiano e, sem nenhuma ou com pequenas alterações, atribuir-lhe um valor.

Na primeira obra, “Roda de bicicleta”, que não possui sentido algum e irá desencadear nas pessoas a dúvida se essa escultura seria arte ou não.

Como na primeira obra, “ A fonte” também é um exemplo dadaísta, que rompe com o tradicional e instiga a imaginação e o conceito de arte para as pessoas.

Assim como nas demais representações do Dadaísmo, “Presente”, de Man Ray, utiliza objetos comuns do cotidiano e dá a eles um novo conceito, ironizando o conceito de arte, dando ênfase no absurdo.

Música


O futurismo foi um movimento literário e artístico iniciado com a publicação do Manifesto Futurista do italiano Filippo Tomasso Marinetti em 1909.
As principais características do futurismo eram a valorização do da velocidade, do movimento, da violência e da vida moderna. E isso se refletiu na música com a introdução de ruídos em suas composições como sons de explosões, de materiais como madeira e vozes de animais.

Computer World


Computer World é o oitavo álbum de estúdio criado pelo Kraftwerk, lançado em 1981. Foi lançado em alemão como Computerwelt. O álbum lida com temas como o surgimento dos computadores na sociedade.

Lançamento: maio de 1981

Artista: Kraftwerk


Pocket Calculator


Pocket Calculator, do album Computer World, nos mostra como o avanço tecnológico fez com que fosse possível a criação da calculadora. A música, de cunho futurista, dispõe-se de barulhos provocados pelos sons das teclas da calculadora.

Lançamento: maio de 1981

Artista: Kraftwerk


Luigi Russolo: Despertar de uma Cidade (Risveglio di una Città)



Música composta por Russolo para os intonarumori, instrumentos produtores de ruído que ele inventou. O ruído é apresentado como o material de uma nova música, liberta do sistema temperado, que explora a totalidade do campo sonoro.

Lançamento: 1914

Artista: Luigi Russolo


Características


Todas as músicas citadas acima possuem sons ligados a materiais como a calculadora,na obra "Pocket Calculator", que proporciona à musica uma aparência tecnológica, futurista. Além disso pode-se perceber o uso de vozes de homens de forma robotizada. Nestas obras, é perceptível o uso de um elemento rítmico preliminar e constante. E de forma específica na obra "Despertar de uma Cidade", é claramente notável o som de materiais de metais em sua composicão sonora.

3° Parte- Português


a)redigir um texto dissertativo-expositivo que explique o que foi a Semana de Arte Moderna e a importância dela para o projeto literário do Modernismo brasileiro (1ª Fase). Evidencie obras, acontecimentos mais marcantes e vanguardas que se relacionam à semana de 1922.

Semana de Arte Moderna e Modernismo


A Semana de Arte Moderna de 1922, realizada em São Paulo, teve como principal propósito renovar, transformar o contexto artístico e cultural urbano, tanto na literatura, quanto nas artes plásticas, na arquitetura e na música. Mudar a produção artística, criar uma arte essencialmente brasileira, embora tendo como referência as tendências europeias. Essa era basicamente a intenção dos modernistas.

Durante uma semana a cidade entrou em plena transformação cultural, sob a inspiração de novas linguagens, de experiências artísticas, de uma liberdade criadora sem igual, com o consequente, rompimento com o passado. Novos conceitos foram desencadeados e talentos como os de Oswald de Andrade na literatura, Víctor Brecheret na escultura e Anita Malfatti na pintura.

O movimento modernista no Brasil se dividiu em fases. A primeira fase caracterizou-se pelas tentativas de solidificação do movimento renovador e pela divulgação de obras e ideias modernistas. O movimento Pau-Brasil defendia a criação de uma poesia primitivista, construída com base na revisão crítica de nosso passado histórico e cultural e na aceitação e valorização das riquezas e contrastes da realidade e da cultura brasileiras.

Na literatura, temos como exemplo o livro "Remate de Males", de Mário de Andrade, publicado em 1930. Reúne diversas composições do autor, em vários estilos, escritas durante os anos 20, desde o vanguardismo até a lírica equilibrada e contida, passando pelo nacionalismo. Na pintura, temos como exemplo a obra “ Carnaval em Madureira”, de Tarsila do Amaral, na qual é uma retratação de uma uma cena comum do Brasil sob o ponto de vista da artista.

carnaval.jpg remate de males.jpg

b)

c)elaborar uma análise crítica do poema escolhido, apontando temática e características modernistas e vanguardistas encontradas no texto.

Poema escolhido: Poética de Manuel Bandeira

Poética

Estou farto do lirismo comedido

Do lirismo bem comportado

Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente

protocolo e manifestações de apreço ao sr. diretor.

Estou farto do lirismo que para e vai averiguar no dicionário

o cunho vernáculo de um vocábulo.

Abaixo os puristas

Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais

Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção

Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis

Estou farto do lirismo namorador

Político

Raquítico

Sifilítico

De todo lirismo que capitula ao que quer que seja

fora de si mesmo

De resto não é lirismo

Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante

exemplar com cem modelos de cartas e as diferentes

maneiras de agradar às mulheres, etc

Quero antes o lirismo dos loucos

O lirismo dos bêbedos

O lirismo difícil e pungente dos bêbedos

O lirismo dos clowns de Shakespeare
— Não quero mais saber do lirismo que não é libertação.

Análise crítica


Ao ler pela primeira vez o poema Poética, é possível perceber traços modernistas na obra. Tais características estão na composição de versos, que não usa as sílabas como forma de marcação de tempo, e a finalização das palavras e pausas são fatores para definir o tamanho de versos. Percebe-se também a atemporalidade, evidente por conta da falta de vírgulas. A linguagem dele, informal, cotidiana, mostra a ruptura com as regras do passado. O começo do texto pode se perceber o desgosto do autor com o lirismo do passado, romântico e doente. Ele reforça esta idéia quando diz que está farto de todos os lirismos, o comportado, o namorador, o que pará pra averiguar no dicionário, ele nega todos os lirismos que não seja aquele libertador, ou seja, o moderno.