Grupo 2_C Integrantes: Álvaro , Cleilson, Felipe H, Felipe R, Victor B, Victor C
qwe.jpg

"2 - Os elementos essenciais de nossa poesia serão a coragem, a audácia e a rebelião" Manifesto Futurista(1909) - Filippo Tommasco Marinetti

asd.gif
"Tenha até pesadelos, se for necessário. Mas sonhe" - Pagu
"A existência é uma aventura, de tal modo inconsequente" - Manuel Bandeira
Pois "A vida é uma calamidade por prestações" - Oswald de Andrade
e "Já não tenho tempo para mediocridades" - Mario de Andrade

"Diante de coisa tão doida" - Cassiano Ricardo
"Sai do fogo da dor a fumaça do sonho" -Menotti Del Picchia
"Quero sentir a quentura" -Raul Bopp
"E o trem passa sem parar" -Guilherme de Almeida

"Queremos livros que nos afetem como um desastre" - Alcântara Machado
"Um pouco de saudade, nisso está toda a felicidade" -Ronald de Carvalho


Semana de Arte Moderna


Durante a primeira metade do século XX, alguns jovens intelectuais sentiram a necessidade de modificar os conceitos artísticos brasileiros, que ainda eram os mesmos do século anterior. Para isso, buscavam a instituição de uma arte sem regras, que não fosse pautada no academicismo característico da arte dos séculos anteriores.

O movimento modernista chegou ao Brasil com exposições como as de Lasar Segall, realizadas em 1913 e de Anita Malfatti, em 1917, que não foram muito bem recebidas. Foi em 1922 que o modernismo realmente ganhou força, com a realização da Semana de Arte Moderna em São Paulo. Durante o evento os artistas, inspirados nas vanguardas europeias, buscaram chocar ao máximo o público, rompendo totalmente com a arte que os espectadores estavam acostumados a ver.

Como era de se esperar, as propostas dos artistas foram mal vistas, uma vez que a elite brasileira estava acostumada com a arte academicista europeia dos séculos anteriores. Em função disso, a importância da Semana de Arte Moderna não foi reconhecida no tempo de sua realização, mas representou, com o passar do tempo, o rompimento da arte brasileira com os padrões artísticos europeus, fator de extrema importância histórica e cultural para o país.

Textos da Semana da Arte Moderna


O poema "Ode ao Burguês" de Mário de Andrade, trabalhado pelo grupo, foi um dos textos lidos na Semana de Arte Moderna que buscava romper com a velha maneira de fazer poesia e trazia uma nova maneira de lirismo. A exposição e reflexão sobre a moral burguesa-aristocrática que pairava sobre o Brasil dos anos 20 além do repúdio a essas atitudes são relações diretas com o modelo futurista de Mário e a estrutura informal , a mudança da estrutura sintática e criação de expressões são relações subjetivas que o autor faz ao futurismo.
Como ele criou este poema com mudança dos padrões líricos e acabou com a etiqueta poética clássica, o grupo decidiu seguir um outro movimento vanguardista que traz pontos parecidos e com a mesma forma irracional e imoral, o Dadaísmo, para trazer este texto de Mário de Andrade. Tzara traz uma receita de como fazer um poema no molde dadaísta, e o grupo fez uma releitura da obra.external image user_none_lg.jpg
Slide1.jpg‍texto digitado ->



Vanguarda nas Artes Visuais
Abstracionismo:
Vanguarda artística que buscava em romper com toda forma de objetividade da arte. Queria não retratar mais o real e o palpável, mas, a essência, o abstrato.

asdf.png
Composição em Vermelho, Azul e Amarelo -Mondrian

Dentro do movimento a corrente do neoplasticismo trazia a pura racionalidade com as cores primárias e formas geométricas Mondrian foi um dos seus principais expoentes. A obra à esquerda, Composição em Vermelho, Azul e Amarelo, de Mondrian mostra estas características.

Uma das maiores expoentes do movimento
abstrato da atualidade, a artista nipo-brasileira
Tomie Ohtake, exemplo da corrente abstrata,
Captura de Tela 2014-03-29 às 23.09.43.png
Sem título - Tomie ohtake
apresenta em suas obras um aspecto muito interessante.Essa característica, que está presente na
à esquerda, é a ausência de título.








Abaixo a obra de um dos maiores expoentes do movimento abstrato, o russo Wassily Kandinsky. Considerado um dos primeiros artistas abstencionistas e um vanguardista convicto. Uma arte sem sentido imediato ou sentimentos direcionados, uma ruptura total com a arte clássica e com os padrões das Academias de Belas Artes. Formas geométricas mostram sua busca pela geometrização de tudo.
3.jpg
Composição VIII - Kandinsky



Vanguarda na Música

Um movimento que nas artes surge como ruptura à tudo já feito e à tudo ensinado nas Academias de Belas Artes, o movimento Dadaísta trás em seu próprio nome o que promulgava. "Dadá não significa nada"(manifesto Dadá), seu criador o poeta Tristan Tizara, que nasceu na Romênia e viveu na França escolheu, segundo uma lenda,escolheu este nome ao abrir o dicionário sobre a palavra.
"Eu redijo um manifesto e não quero nada, eu digo portanto certas coisas e sou por princípios contra manifestos, como sou também contra princípios" (Manifesto Dadá,Tristan TIzara-1918)



Este movimento de anti-arte foi também inserido no meio musical, como algo fora dos padrões de música clássica.
Aqui seguem vídeos de alguns exemplos de músicas dadaístas que apresentam essas características de anormalidade e falta de sentido, com barulhos constantes e que, mesmo quando apresentam letra, são desconexas:




Vanguarda nas Artes Cênicas

Nas artes cênicas também houve diversos movimentos que buscaram romper com a antiga ordem. Um expressivo movimento foi o surrealismo. O movimento que teve como maior expoente Salvador Dalí, viu o cinema como a arte da modernidade e da ruptura. Contra toda a realidade e exatidão que podia ser traspassada pela arte cênica, o surrealismo busca mostrar o além do real, o subconsciente, o pensamento sem ordem e ligado aos estudos de Freud, da psicanálise. Uma pequena tentativa do grupo de mostrar o surrealismo nas Artes Cênicas foi concretizada nesse pequeno vídeo.


O Século que mudou o mundo

A Modernidade e a História mundial e o Brasil, uma relação de mútua influência.

parte 2 final from alvarobm on Vimeo.


Resumo da Semana de Arte Moderna(história)

Para uma melhor compreensão da Semana de 22, abaixo estão o artigo na íntegra de Monteiro Lobato.Um curto documentária do Itaú Cultural falando da exposição de Anita de 17 e desdobramentos do movimento modernista, chegando no Salão Revolucionário, criação do Diretor da Escola Nacional de Belas Artes, Lúcio Costa, que era uma tentativa de modernizar a velha academia, e ,criada em 32, aSociedade Pró Arte Moderna (SPAM)de Lasar Segall, que buscava organizar e espalhar o movimento modernista. Além um artigo dos 80 anos da Semana de Arte Moderna.
http://www.pitoresco.com/brasil/anita/lobato.htm - Íntegra do artigo
http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=marcos_texto&cd_verbete=3758 - Modernismo
http://www.cesargiusti.bluehosting.com.br/Especiais/Modern80anos/main.htm - 80 anos SAM (2002)